Publicado por: Fernando de Oliveira | 10/11/2015

Aplicativo utiliza inteligência artificial para reduzir congestionamentos

Inteligent smartphone IPesquisadores em Singapura começaram a testar um aplicativo para smartphone cujo objetivo é usar inteligência artificial para influenciar decisões de usuários na vida real.

O teste tem foco shoppings, estádios e grandes eventos e tentará reduzir o congestionamento em horários de pico ao convencer pessoas a mudar ou atrasar suas viagens ou traslados.

As dezenas de milhares de pessoas que os pesquisadores esperam participar do teste devem oferecer detalhes sobre o nível de congestionamento que elas conseguem tolerar em trânsito, a quantidade de tempo que estão dispostas a atrasar suas viagens para evitar congestionando e o quanto estão dispostas a pagar para usar o transporte público.

Uma máquina de inteligência artificial tentará chegar a sugestões para cada pessoa que pode incluir a oferta de uma tarifa mais barata se a viagem está atrasada ou um desconto em uma loja de conveniência para a pessoa permanecer mais tempo, ajudando assim a aliviar o congestionamento.

Por exemplo, um passageiro pode não se importar com um trem cheio e deseja retornar para sua casa imediatamente, enquanto outro pode tolerar um pequeno atraso por uma xícara de café mais barata, enquanto um terceiro pode tolerar um atraso maior em troca de um desconto em uma refeição.

Inteligência artificial XIEnquanto as sugestões são feitas, o sistema de Inteligência Artificial acompanhará a receptividade do usuário enquanto tenta construir um modelo personalizado para cada pessoa.

Não é preciso dizer que transportes públicos lotados são uma fonte de frustração para muitas pessoas e algumas ajustam seus planos de viagem para evitá-los. A ideia é que o sistema poderia ajudar a aliviar multidões e manter usuários mais felizes.

Inteligência Artificial é uma área chave de pesquisa para grandes companhias de tecnologia a medida que elas tentam superar simples algoritmos para sistemas mais complexos baseados em grandes quantidades de dados.

Os sistemas tentam aprender o comportamento humano a partir de uma base para então personalizar serviços e anúncios, por exemplo.

Os testes em Singapura estão sendo conduzidos pela Fujitsu, que está usando seu sistema de inteligência artificial Zinrai e trabalha com a Singapore Agency for Science, Technology and Research e Singapore Management University.

O teste deverá seguir até o final de 2017, mas a Fujitsu disse que uma versão comercial da tecnologia pode estar disponível em março, 2016.

Fonte: Computerworld


Responses

  1. Republicou isso em S U P R I M A T E Ce comentado:
    Nesta postagem sobre Inteligência Artificial, nosso amigo Fernando Oliveira teve como fonte a Computerworld.

    A IA é uma área chave de pesquisa para grandes companhias de tecnologia a medida que elas tentam superar simples algoritmos para sistemas mais complexos baseados em grandes quantidades de dados.

    Os sistemas tentam aprender o comportamento humano a partir de uma base para então personalizar serviços e anúncios, por exemplo.

  2. Não sei, não… Às vezes, imagino que haverá um dia em que um robô nos dirá que o cérebro humano é dispensável.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: