Publicado por: Fernando de Oliveira | 27/10/2014

R.I.P. Jack Bruce

Jack-BruceAs eleições ofuscaram um pouco o destaque que a morte de Jack Bruce merecia. O sábado (25/10) ficou mais triste e a música mais pobre. Jack, um escocês de gênio não muito fácil, era um músico brilhante, principalmente quando empunhava um baixo elétrico.

Tendo passado por várias importantes bandas de jazz e blues do início dos anos 60 na Inglaterra, Jack se torou um mito ao se juntar com Ginger Baker e Eric Clapton e formar o Cream, um power trio com status de supergrupo. Com eles, criou clássicos como Sunshine of Your Love e, para muitos, a melhor linha de baixo de todos os tempos (Crossroads ao vivo). Só isso já seria suficiente para colocá-lo no Olimpo do rock. Porém, apesar de não ter obtido um sucesso comercial com sua carreira solo, Jack produziu sempre música de alta qualidade – para os não iniciados eu recomendo a coletânea Willpower.

Abaixo alguns vídeos para relembrar a música de Jack.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: