Publicado por: Fernando de Oliveira | 05/12/2012

Victoria – Um Herbert Vianna para emocionar

Herbert Vianna - Victoria

Ouvir Herbert Vianna é sempre uma experiência emocionante, principalmente depois do acidente que o deixou paraplégico e vitimou sua esposa Victoria Lucy Needham Vianna, em 2001. E é o amor de Herbert por Victoria que dá o mote ao disco. Victoria (Oi Música) é um disco onde Herbert e o produtor Chico Neves (re)criam uma atmosfera intimista, onde o registro da voz do líder dos Paralamas do Sucesso está mais grave, dando ainda mais peso as canções de amor contidas no disco. E se Herbert faz alguns dos seus melhores vocais dos últimos anos, os arranjos – baseados em guitarras e violões – mostram o acerto da dupla em apostar na simplicidade e na elegância.

Este quarto álbum solo do homem que usava óculos traz 20 canções – apenas uma delas inédita (Penso em Você), que por acaso é a primeira composição do artista – que são verdadeiras declarações de amor. Gravadas anteriormente por artistas tão distintos como Ivete Sangalo, Biquíni Cavadão ou Paula Toller, as músicas vão se sucedendo em uma sequência que torna difícil segurar as lágrimas.

Herbert Vianna DivulgaçãoOuvir os versos de Pra TerminarSe eu te encontrar/Não me pergunte como eu tô/Não saberia te explicar/Pra mim ainda não terminou – ou de Eu Nada Sei de VocêEu sei do tempo, conheço seus danos/No que eu fui, no que eu não pude ser/Nos meus acertos e nos desenganos/Do que eu sei, nada serve pra você – serve como reflexão das experiências que todos temos/tivemos. O disco é uma viagem ao interior da alma romântica e ainda funciona como resgate de canções que muita gente nem lembra serem de autoria de Herbert Vianna.

Inacreditável que um projeto dessa qualidade tenha sido rejeitado pelas grandes gravadoras. Se das 20 canções apenas uma é inédita, ouvir as versões de Derretendo Satélites, Nada Por Mim ou Se Não te Amasse Tanto Assim, já vale qualquer investimento. Esqueça tudo o que já escutou, Victoria leva o ouvinte a lugares, lembranças e paisagens que não são fáceis de alcançar.

Um dos melhores lançamentos do ano, daqueles que não devem sair do CD Player ou iPod.


Uma versão desse texto foi pulicada no jornal O Fluminense


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: