Publicado por: Fernando de Oliveira | 29/11/2012

Uma Cat Power ensolarada

Charlyn Marie Marshall, também conhecida como Chan Marshall ou pelo seu nome artístico, Cat Power, lança um novo trabalho – Sun (Lab 344) – que chega seis anos depois do razoável The Greatest (2006). Sun é um disco pra cima, ancorado em um repertório dos mais inspirados e em muitos recursos eletrônicos e guitarras.

Sun tem pegada indie, embora não caia na mesmice que invade a maioria das FMs pelo mundo. As 11 canções do álbum mostram uma Cat Power em forma, pelo menos artística, já que, por problemas de saúde e problemas financeiros, ela teve que cancelar alguns shows da turnê que serviria para promover o disco.

O disco agrada e músicas como Ruin (o primeiro single do álbum) e Cherokee demonstram que Marshall também tem um grande talento na função de produtora, dosando os recursos e evitando usar elementos que poderiam soar dispensáveis.

O disco foi bem nas paradas de países como Bélgica, França e Estados Unidos, e merece atenção dos programadores das rádios com perfil indie/rock.

Sun pode ser mesmo considerado um raio de luz na carreira de Cat Power.

Esse texto também foi publicado no jornal O Fluminense


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: