Publicado por: Fernando de Oliveira | 21/11/2012

Produced by George Martin – O legado do quinto Beatle em DVD

DVD conta a história do maior produtor musical da Inglaterra, Sir George Martin, responsável, entre outras obras, dos grandes sucessos dos Beatles

O legado musical dos Beatles é riquíssimo. As composições de John Lennon, Paul McCartney e George Harrison, estão na memória de milhões de pessoas no planeta, mas nada seria assim se não existisse a figura (os ouvidos e o talento) do produtor George Martin, o homem responsável pelo grupo assinar seu primeiro contrato de gravação e o criador dos sons que mudaram o mundo da música pop. Agora, o trabalho de Martin pode ser conferido no DVD Produced by Geroge Martin (ST2).

Para se ter ideia da importância de Martin, ele, assim como Paul McCartney, ganhou o título de Sir, a maior honraria concedida pela coroa britânica. Mas que não pensem que o seu trabalho se resumiu apenas aos Beatles. Nos anos 60, Martin produziu uma série de outros artistas e dezenas de canções que alcançaram o topo da parda inglesa, com artistas como Gerry and the Pacemakers, Billy J. Kramer and the Dakotas e Cilla Black. Nos anos 70, além de voltar a se reunir com o pupilo McCartney para produzir o single Live and Let Die (tema do filme de James Bond do mesmo nome), também é o nome por trás dos sucessos de grupos como o America e de álbuns de gente do calibre de Jeff Beck. Na década de 80, assinou registros de Cheap Trick, UFO e Paul McCartney (sempre). Depois, ainda gravou com Celine Dion e outros grandes nomes da música pop. Em seus estúdios, foram gravadas obras primas como Brothers in Arms (Dire Straits) e Nothing Like the Sun (Sting), além de sucessos do The Police e Eric Clapton, só para citar alguns.

O DVD conta a história de Martin, hoje um respeitável senhor inglês, que convive com a perda da audição, mas com muitas histórias. Em entrevistas conduzidas por seu filho Giles, o quinto Beatle conta detalhes de como era o seu trabalho com os rapazes de Liverpool e como foi construindo sua carreira, desde a gravação de discos de comédia (com Peter Sellers) até deixar a EMI (onde ganhava um pequeno salário) para construir seu primeiro estúdio de gravação e se tornar o maior produtor do planeta.

O documentário mantém o clima caseiro, não só pela presença do filho Giles, mas também da esposa Judy Lockhart-Smith, que conheceu em Abbey Road quando foi contratado para trabalhar no então pequeno selo Parlophone, nos anos 50.

No filme ainda há entrevistas gente como Ringo Starr, Paul McCartney e Jeff Beck, mas infelizmente não há legendas em português (somente inglês, espanhol e francês), o que pode dificultar um pouco a compreensão de quem não domina o idioma inglês.

Produced by Geroge Martin é um documento da evolução do rock inglês, dos Beatles e de uma das figuras mais simpáticas e criativas da música de todos os tempos. Se a capa onde os Beatles atravessam Abbey Road (a rua onde se localiza o estúdio onde gravaram a maioria de seus trabalhos) é um ícone reconhecido mundialmente, a música que saia daquelas salas de gravação para ganhar o mundo tem a assinatura de Martin.

Uma verdadeira aula de história musical.

 

Esse texto também foi publicado no jornal O Fluminense


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: